21 de setembro de 2013

Crítica da Semana: As Vantagens de Ser Invisível

Crítica da Semana é uma coluna que tem como objetivo mostrar minha opinião sobre os filmes que eu assistir. Meme semanal hospedado pelo Fanfics Memoráveis e postado nas sexta-feiras.


Nome: The Perks of Being a Wallflower
País de Origem: Estados Unidos
Direção: Stephen Chbosky
Roteiro: Stephen Chbosky
Gênero: Drama/Romance
Duração: 103 min. 
Ano de Lançamento: 2012
Elenco: Logan Lerman, Emma Watson, Ezra Miller, Nina Dobrev, Paul Rudd, Mae Whitman, Melanie Lynskey, Kate Walsh, Dylan McDermott, Johnny Simmons, Zane Holtz, Reece Thompson, Nicholas Braun, Erin Wilhelm, Joan Cusack.







A crítica mais difícil que já escrevi. Estou em ressaca cinematográfica após assistir este filme. Brilhante, cativante, humano e real. Um filme para se pensar e questionar.

Stephen Chbosky adapta seu próprio romance e nos brinda com a simplicidade e humanidade dessa história sobre as experiências, descobertas e realizações dos jovens. As Vantagens de Ser Invisível é impecável do começo ao fim, e vai te fazer pensar e questionar sobre muito coisa e por muito tempo.

Ter o próprio autor do livro na produção, roteiro e direção foi uma das melhores escolhas feitas. Quem melhor que o criador da historia para saber o que é necessário entrar na produção. Chbosky mantém a força do material original advindo do livro. Pode-se perceber como ele valoriza cada momento de seus personagens.

Na historia temos Charlie, vivido brilhantemente por Logan Lerman (sério, uma das melhores atuações que eu já vi), um garoto introspectivo, pacato e solitário e muito complexo. Ele está tentando se recuperar da depressão causada pelo recente suicídio do melhor amigo. No decorrer do filme, acompanhamos seus questionamentos sobre a vida, o medo do ensino médio e a sua jornada de socialização. E então ele conhece Patrick e Sam, vividos por Ezra Miller e Emma Watson (muitos amores por essa garota), que o receberem em seu grupo não tão recomendado. E então seguimos Charlie com seus novos amigos que o ajudam em seu crescimento e recuperação

E chegamos ao melhor do filme: o trio principal. Somos premiados com tantas atuações maravilhosas. Logan Lerman mostra que não é ator de um filme só. Ele tira de letra sua interpretação de Charlie, mostrando que tem qualidade de atuação nesse difícil papel, que requer enormes variações emocionais. Com toda certeza foi grande o desafio interpretar um personagem tão denso e complexo, com todas suas divagações.

Todas as aparições de Emma Watson são memoráveis e sua atuação digna de prêmios (o que foi revoltante por não ter sido indicado). Emma soube explorar muito bem todas as complicações de sua personagem e faz com que desprendamos sua imagem da de Hermione facilmente.

Ezra Miller não fica atrás; sua interpretação de Patrick é excepcional e um dos grandes pontos da história, com uma atuação magnética que prende o expectador a tela.

O elenco secundário também merece destaque. As cenas com os outros integrantes do grupo politicamente incorreto de Sam e Patrick dão a leveza necessária em contrapartida à densidade dos protagonistas. Acredito que a personagem de Nina Dobrev não foi explorada como poderia (ainda que saibamos que a atriz dá conta do recado), uma vez que o núcleo ao qual a personagem faz parte é bastante sério; a questão da violência contra a mulher. Nas poucas cenas que aparece, ela não tem grande destaque, 

O roteiro dispensa comentários. Mais humano e mais real que esse roteiro, impossível. E aqui que percebemos como a escolha do próprio autor para a produção foi inteligente. Sagaz e profundo, consegue criar muitas cenas sensíveis, cativantes e emocionantes. Tudo e muito bem captado, até as situações mais rotineiras, com uma estética muito bela. Ponto para a direção que escolhe dar ênfase a momentos que certamente em outra produção passariam despercebidos. Mesmo sem dizer muito, cria fortes momentos narrativos. Também tenho que falar dos diálogos. Criativos, são ele que movem a trama. Perdi a conta de quantas citações incríveis guardei.

Agora um dos pontos altos do filme com certeza e a trilha sonora. O filme faz uso de uma das melhores trilhas sonoras já feitas e que deixam uma grande marca na produção. As canções estabelecem identidade aos personagens e abusa de referências dos anos 80 e 90. Confesso que tive que pesquisar sobre os cantores, e não me arrependi. Temos Pavement, New Order, Sonic Youth, The Smiths e a clássica Heroes de David Bowie, que mostra a importância da trilha sonora para o filme. Ouça aqui e tire suas próprias conclusões (particularmente eu adorei).

As Vantagens de Ser Invisível com sua sensível história de amizade e descobertas cheia de simplicidade e qualidade já é o meu favorito de todos os tempos. Belíssimo e impecável do início ao fim é um daqueles filmes que rende boas reflexões e que certamente fica guardado na memória de quem o assiste e é lembrado durante muito tempo.

De cinco estrelas, dou cinco, ainda que ele merece muito mais que isso. Uma das maiores e melhores descobertas do ano. 

NOTA:«««««

Quotes (por que eu precisava colocá-los):

Por que eu e todos que eu amo escolhemos pessoas que nos tratam como insignificantes?
Nós aceitamos o amor que acreditamos merecer.

Sei que tudo será apenas historia um dia,
Mas neste instante estamos vivos,
E neste momento, nós somos infinitos.

19 de setembro de 2013

Rick Riordan lança mais um conto de Percy Jackson

Rick Riordan, autor das séries de livros baseadas em mitologias grega/romana/egipcia Percy Jackson e os Olimpianos, Heróis do Olimpo e Crônicas dos Kane escreveu um novo conto no mundo mitológico de Percy Jackson.
Capa da coletânea que contêm o conto
Com o título Percy Jackson and the Singer of Apollo - Percy Jackson e o Cantor de Apollo, em tradução literal - o conto narrado por Percy conta a história de quando Percy comemora o aniversário de Grover até Apollo resolveu lhe pede um “pequeno” favor. O favor se torna um grande problema quando Apollo manda Percy encontrar seu quarto celedon (seres humanos forjados em ouro maciço por Hefesto) que desapareceu para tentar uma carreira de fama como cantora na cidade.
Entre aqui e leia o conto em inglês gratuitamente. E uma boa pedida para acalmar os ânimos enquanto esperamos o lançamento de A Casa de Hades.
A Editora Intrínseca, que publica a série no Brasil, ainda não manifestou se vai publicar o conto no Brasil.

Mais atores confirmados em A Esperança Partes 1 e 2

Após muitos rumores e especulações, finalmente temos a confirmação oficial de alguns interpretes que darão vida a personagens nas duas partes da adaptação de A Esperança.
Entre as muitas confirmações que tem saído nos últimos dias a principal delas e referente a atriz escolhida para interpretar a líder da revolução contra a Capital, a Presidente do Distrito 13 Alma Coin, que será a grande atriz Julianne Moore.
Além de Julianne Moore outros mais outros três nomes foram confirmados: Evan Ross, no papel de Messalla, Lily Rabel como a Comandante Lyme e Patina Miller será a Comandante Paylor.
O roteiro dos dois filmes ficará a cargo de Danny Strong. Francis Lawrence foi o escolhido para dirigir os três longas restantes da franquia.
A Esperança Parte 1 e 2 tem estreia prevista para 21 de novembro de 2014 e 20 de novembro de 2015 respectivamente.

12 de setembro de 2013

J.K. Rowling estreia como roteirista na adaptação de Animais Fantásticos e Onde Habitam

Quando todos pensaram que a franquia Harry Potter havia acabado fomos surpreendidos hoje com a notícia de que Animais Fantásticos e Onde Habitam, livro complementar da série Harry Potter vai ganhar adaptação, é o melhor... J.K. Rowling será a roteirista. A Warner Bros. e a autora J.K. Rowling anunciaram a adaptação para o cinema.
O livro faz parte da série Harry Potter como um livro complementar, não tem nenhuma relação com a história principal. Ele foi escrito por J.K. Rowling sob o pseudônimo de Newt Scamander como um livro escolar que os alunos de Hogwarts utilizam em suas aulas de Trato das Criaturas Mágicas.
Não é uma sequência ou um prólogo da série original. O filme contará a história do bruxo Newt Scamander, o magizoologista autor do livro e terá início em Nova York, 70 anos antes dos acontecimentos de Harry Poter e a Pedra Filosofal. Ele também foi um dos ex-diretores da escola e um importante estudioso de criaturas mágicas. Fantastic Beasts, como está sendo chamado, também ganhará games, produtos licenciados e conteúdo digital.
Segundo rumores, este será o primeiro filme de uma série planejada em mostrar toda a mitologia da série Harry Potter, cm suas criaturas e personagens mágicos.
J.K. Rowling explicou em um comunicado oficial no seu site, quais foram os motivos para decidir retornar ao mundo dos bruxos.

Tudo começou quando a Warner Bros me veio com a sugestão de transformar’ Animais Fantásticos e Onde Habitam’ em um filme. Eu pensei que era uma ideia divertida, mas ver Newt Scamander, o suposto autor do livro, realizado por um outro escritor foi difícil. Tendo vivido por tanto tempo em meu universo ficcional, me sinto muito protetora já sei muita coisa sobre Newt. Como alguns fãs de Harry Potter vão saber, eu gostava tanto dele que casei seu neto, Rolf, com uma das minhas personagens favoritas , Luna Lovegood. E assim que eu acabei lançando minha própria ideia de um filme para a Warner Bros. Embora ele será definido na comunidade mundial de bruxos e bruxas que eu estava tão feliz por 17 anos, Animais Fantásticos e Onde Habitam não uma sequência e nem uma prévia da série Harry Potter, mas uma extensão do mundo bruxo. Eu sempre disse que eu só iria revisitar o mundo dos bruxos, se eu tivesse uma ideia que eu estava realmente animado sobre e é isso.

Este será o primeiro trabalho de J.K. Rowling como roteirista. Não há ainda informações de elenco e produção e não há previsão de lançamento
Além de Animais Fantásticos e Onde Habitam, a autora escreveu outros dois livros que fazem parte do universo de Harry Potter. Quadribol Através dos Séculos e Os Contos de Beedle, o Bardo.

10 de setembro de 2013

Primeiro cartaz de A Menina que Roubava Livros

Saiu o primeiro cartaz de A Menina que Roubava Livros, adaptação do livro de mesmo nome do autor Marcus Zusak. Que coisa mais linda e esse cartaz. Já disse uma vez é repito novamente que a escolha da atriz pra Liesel não poderia ter sido melhor. Minhas expectativas com esse filme são as maiores possíveis, pelo trailer já deu pra perceber que vai ser um filmaço.
Vejam o belo cartaz liberado:
Ao perceber que a pequena Liesel Meminger, uma ladra de livros, lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História.

A protagonista Liesel Meminger será interpretada pela atriz Sophie Nélisse. Geoffrey Rush e Emily Watson viverão seus pais adotivos. Ben Schnetzer e Nico Liersch completam o elenco.
Sob roteiro de Michael Petroni e direção de Brian Percival a estreia no Brasil é prevista para 31 de janeiro de 2014.

3 de setembro de 2013

Primeiro banner de Em Chamas

Finalmente o primeiro banner de Em Chamas está completo. Quando foi divulgado o banner mostrava a arena do Terceiro Massacre Quaternário, com a frase “Ninguém é campeão por acaso”, e os protagonistas Katniss Everdeen e Peeta Mellark na parte direita da imagem, dando a entender que o restante da imagem seria completada com os próximos tributos. E foi isso que aconteceu.
Através do THGExplorer a Lionsgate foi adicionando os outros tributos ao banner. Primeiro Johanna mason com a frase “Lembre-se de quem é o inimigo”, depois Mags, do Distrito 4, Gloss, do Distrito 1, Wiress, do Distrito 3, Cashmere, do Distrito 1, Enobaria do Distrito 2, Beetee, do Distrito 3 e concluindo Finnick, do Distrito 4. Confiram:

Capas das edições comemorativas de Harry Potter

Em comemoração ao aniversario de 15 anos do lançamento do primeiro livro da série Harry Potter nos EUA, a editora Scholastic, editora americana e inglesa dos livros, liberou todas as ilustrações das novas capas das edições comemorativas dos livros.
A coleção vem em um box que combina com os livros e as lombadas formam o castelo de Hogwarts. Bem que a Rocco podia trazer estas edições para o Brasil, apesar de que seriam caríssimos, visto os preços altos dos livros da editora.